Daniela . 12 anos . Amo Jesus . Fique à vontade e seja abençoado!!


Vote em nosso blog

Indique nosso blog


Florzinha Cor de Rosa
Blog da Nani
Amigo Fiel
Oh, Lord!
Ovelha Lele
Cantinhu da Flor
Adorador


Blog Selah


Bíblia OnLine
Diante do Trono
Smilingüido
SuperGospel




16/07/2006 a 22/07/2006
09/07/2006 a 15/07/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
30/10/2005 a 05/11/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
01/05/2005 a 07/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
23/01/2005 a 29/01/2005
16/01/2005 a 22/01/2005



UOL Blog
OKcounter
Getty Images



Fico observando o versículo de Provérbios 17:17 que nos diz que “em todo o tempo ama o amigo”. Penso como vivemos nos dias atuais na contramão deste provérbio. Vivemos em um movimento em que há valorização do individualismo e competitividade. Vivemos solitários mesmo quando estamos nos grandes agrupamentos sociais. As poucas “amizades” que nos restam são virtuais. Estas são boas. Afinal, quando quero me relacionar, basta um click, e da mesma forma, quando me canso, outro click e cessa-se o relacionamento. Amizades vão e vêm sem que ao menos se conheça de perto, sem que se sinta o calor humano. Vivemos em um mundo em que é possível comunicar-se com todos em segundos, mas onde é cada vez mais difícil viver relacionamentos de verdade, aqueles do tipo em que a gente sabe o que o outro está sentindo só em olhar a sua expressão corporal.

            Devemos hoje viver na contramão sim: na contramão deste mundo individualista. Precisamos preservar nossas amizades, nossos relacionamentos. É necessário que vivamos amizades como a de Provérbios, fazendo de nossos amigos verdadeiros irmãos, não meramente objetos descartáveis que, no tempo de angustia e sofrimento, utilizo e depois jogo fora. Penso como o apóstolo Paulo, em sua carta à Igreja de Filipenses, que para se ter uma boa amizade é necessário “ter em vista também a outra pessoa, e não apenas a si mesmo”(Fp 2:4). É isso que Jesus fez por nós: entregou-se na cruz por nos amar, pensando não nEle, mas em muitos que o conheceriam através do seu ato de amor e amizade. Fica o grande desafio para nós, nestes dias: o de fazer novos amigos, reatar velhas amizades, abraçar e sentir o abraço gostoso de um amigo. Afinal, como foi o tema da última copa do Mundo: “ÉW tempo de se fazer amigos”; mas, principalmente, é tempo de apresentar o amigo maior que é Jesus Cristo!

 

                                                                                  Transcrito

                                                                                              Pastor Alysson Freitas

 



por Dani às 11h23
[ ] [ envie esta mensagem ]



Onde está o teu Deus?

 Essa é a pergunta inicial que percorre todo o Salmo 42. O salmista parece desalentado. Há uma verdadeira tempestade em sua vida. Tudo parece conspirar contra ele. E de um modo tão duro que os adversários aproveitam para lançar-lhe em rosto a pergunta do desafio: “E o teu Deus, onde está?” Há momentos assim em nossa vida também. Há momentos em que Deus parece esconder-se de nós. Há momentos em que Deus parece esconder-se atrás de um grande silêncio. Ah! Como nós gostaríamos que Ele falasse conosco. Gostaríamos de ouvir a sua voz. Que respondesse os nossos “porquês” Por que desse jeito? Por que agora? Por que comigo? Até quando ficará sem me responder? Há outros momentos em que Deus parece esconder-se atrás de uma grande demora. Ele nos faz esperar e a espera traz ansiedade. Parece que Ele nunca vai chegar ou, então, quando chegar, será tarde como pareceu ao coração de Marta quando seu irmão Lázaro morreu.    Por que Ele está aqui na hora em que mais preciso? E, por fim, há momentos em que Deus parece esconder-se atrás de um grande abandono. Essa foi a sensação do próprio Filho de Deus na cruz do Calvário quando gritou: “Deus meu, Deus meu, por que me abandonaste?” Que sensação terrível essa de estar só, de sentir-me órfão, abandonado. Parece que todas as luzes da vida se apagam e mergulhamos numa imensa escuridão. Mas depois de derramar as angústias da sua alma e do seu coração, e o mesmo depois de ouvir a pergunta marota dos adversários, o salmista termina com uma nota de esperança:

            “Por que estás abatida, ó minha alma? Por  que te perturbas dentro de mim?

Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a Ele, meu auxílio e Deus meu.”

            Deus  não se esconde, nem no silêncio, nem na demora, nem no abandono. Ele nunca se esconde. Nós é que podemos demorar para vê-Lo ou reconhece-Lo, mas Ele sempre esteve e sempre estará lá. Como estava na cruz, no aparente abandono do Filho. Por isso não importa a situação por mais dura  e terrível que estejamos vivendo. Tenhamos a coragem de fazer a oração da entrega: “Senhor, nas tuas mãos entrego a minha vida. Tu estás ao meu lado, por isso nada temerei”.

 



por Dani às 15h50
[ ] [ envie esta mensagem ]



Você acreditaria em mim se eu dissesse que nós somos os únicos que podemos fazer a diferença no mundo de hoje?
Você acreditaria em mim se eu dissesse que todos os seus sonhos dentro do seu coração podem virar realidade hoje?
Você acreditaria em mim se eu dissesse que a vida pode ser tudo o que você quer que ela seja hoje?

E se eu tivesse asas eu iria voar porque tudo o que eu preciso, você é
E se o mundo desmoronasse ao meu redor, por você eu continuo firme
Pois você é tudo em que acredito e o único que me criou
Jesus por sua causa eu sou livre

Você acreditaria em mim se eu dissesse que Deus pode fazer milagres acontecerem hoje?
Você acreditaria em mim se eu dissesse que você não precisa esperar pelas respostas, você segue pela fé?
Você acreditaria em mim se eu dissesse que nada é impossível para Deus?

Apenas viva sua vida com Deus dentro
Você não vai renegar um momento disto
E dê tudo o que você pode para Deus, para Deus

 



por Dani às 16h31
[ ] [ envie esta mensagem ]



Achei descanso nos braços do Mestre

Cantando vou pra Canaã

Lá onde a glória dura para sempre

Estou ensaiando pra quando chegar

Também ser aceito naquele coral

Se você quiser também pode cantar
             

Nesse lindo coral

Louvo pela força,

Louvo por vitórias 
      
Cantando sempre vou 
    
Até chegar ao céu de glória 
         
O nosso ensaio é festa, 
   
É festa de louvor 
        
Cantando com os anjos



por Dani às 16h28
[ ] [ envie esta mensagem ]



Blog Anjinho de Deus

Pessoal, q bênção hein??? Glória a Deus por tantas vidas sendo abençoadas por meio do meu blog... E q Deus continue abençoando, né?

Vamos ver se dá pra fazer um layout novo, pra ficar tudo novinho..ano novo, blog de cara nova..hehehe...

Q vcs continuem visitando...e q Deus abençoe mais e mais...

Bjus...

                                                         _________________________________________

Mentes grandes discutem idéias. Mentes medianas discutem eventos e fatos. Mentes pequenas discutem pessoas.
É preciso crer na total transparência das pessoas; é preciso aceitar que os outros têm segredos, regiões de solidão.
A maior prova de amor é colocar-se a distância, e não querer forçar a entrada.
Deus dá alimento a todos os pássaros, mas não joga o alimento no ninho. Deus ajuda, mas espera que você faça no mínimo sua parte.
Aquele que perde dinheiro perde muito. Aquele que perde amigos perde muito mais. Aquele que perde a fé perde tudo (Romanos 1: 17)
Pessoas jovens e belas são obras da natureza. Pessoas idosas e belas são obras de arte, e ambas são obras de Deus.
Aprenda com os erros alheios, você não conseguirá tempo suficiente para cometê-los todos sozinho.
A língua pesa praticamente nada ou pouco, mas poucas pessoas conseguem segurá-la.
Amigos: eu e você; você trouxe outro amigo já formamos um time, esse time não tem começo nem fim.
O diferencial da vida é viver com amor, e buscar diariamente o sentido de viver ser feliz e estar com Deus.
Não espere um sorriso para ser gentil;
Não espere ser amado para amar;
Não espere ficar sozinho para reconhecer o valor de um amigo;
Não espere ficar de luto para reconhecer quem hoje é importante em sua vida;
Não espere o melhor emprego para começar a trabalhar;
Não espere a queda para lembrar-se do conselho;
Não espere a enfermidade para reconhecer quão frágil é a vida;
Não espere encontrar a pessoa perfeita para então se apaixonar;
Não espere a mágoa para pedir perdão;
Não espere a separação para buscar a reconciliação;
Não espere a dor para acreditar na oração;
Não espere elogios para acreditar em si mesmo;
Não espere que o outro tome a iniciativa se você foi o culpado – Jesus Cristo vai, além disso.
Não espere ouvir eu te amo, para dizer eu também;
Não espere ter dinheiro aos montes para então contribuir;
Não espere o dia de sua morte sem antes amar a vida.
Então o que você está esperando?
O Autor da vida – Jesus Cristo – está aqui. Ele te ama, tem cuidado de você antes mesmo de conhecê-lo.

 



por Dani às 13h53
[ ] [ envie esta mensagem ]



Jesus meu melhor presente!!!

Numa tarde quente, próximo da Páscoa, uma professora distribuiu para cada um de seus alunos, um grande ovo de plástico. A seguir mandou-os sair de sala e procurar algum sinal de vida para colocar dentro dos ovos que ela havia lhes dado. Ao retornarem, cada um entregou à professora o seu ovo com o que haviam colocado dentro. Um tinha uma borboleta, outro uma formiga, outros tinham flores, pedaços de grama, etc.

Apenas um ovo estava vazio e todos já sabiam a quem pertencia. Havia sido entregue por um menino que tinha Síndrome de Down. Muitas crianças riram dele. A professora, então, lhe perguntou: "- Por que você não colocou nenhum sinal de vida dentro do ovo que lhe dei?" Falando baixo e mansamente ele respondeu: "- Porque o túmulo está vazio." Aquele menino sabia uma verdade profunda -- Páscoa é mais do que uma celebração de um ciclo de vida da natureza.

Sim, o túmulo está vazio. Cristo ressuscitou! E isso aconteceu para que eu e você pudéssemos ter acesso livre ao Pai, sem receios e sem barreiras. Jesus morreu e ressuscitou para pagar o preço de nossos pecados e para que, com Ele, pudéssemos renascer para uma vida plena e abundante.

Quando julgamos que somos incapazes de grandes conquistas, ou nos apequenamos diante de um grande obstáculo, ou até quando nos recusamos a dar um passo em direção àquilo que foi alvo de nossos esforços por longo tempo, simplesmente por acharmos que não está ao nosso alcance, estamos rejeitando a vitória de Cristo para nós e colocando-o de volta no túmulo.
A Páscoa é mais do que um ovo de chocolate ou um coelhinho cheio de bombons. Ela é vida, é tumulo vazio, é o renascer das esperanças de nossa plena vitória!



por Dani às 14h17
[ ] [ envie esta mensagem ]



Abundante Chuva - Fernandinho

Em lugares muito secos
Em terras desoladas
Não existe esperança
Não escutam tua palavra
Muitos lares destruídos
Casamentos acabados
Existe tanta violência
Tanta gente abandonada


Já posso ouvir o som, o som
De Abundante Chuva
Chuva, chuva, chuva.



por Dani às 19h17
[ ] [ envie esta mensagem ]



A cruz de Cristo

 A cruz de Cristo traz em si, para todo cristão e para a humanidade em geral, uma mensagem forte, rica, ímpar em significativos e também no que ela pode provocar na vida das pessoas que a recebeu por fé.

Na cruz está revelado o grande amor de um Deus que se entregou na pessoa do seu Filho Jesus, a fim de morrer por toda humanidade com o propósito de salva-la dos seus pecados e do juízo eterno. No passado e ainda hoje, não são poucos os que consideram essa mensagem uma loucura e até a rejeita. Mas, para esses, a Palavra de Deus diz: “Certamente a palavra da cruz é loucura para os que se perdem; mas para mós, que somos salvos, poder de Deus”. (I Cor. 1:18).

Na cruz encontra-se, também, a grandeza da mensagem da reconciliação. É na cruz, por causa do sacrifício de Cristo, que Deus abre caminho para que o homem, afastado dEle, de si mesmo e do seu próximo, se reconcilie com seu criador. É desse homem reconciliado que o Senhor forma para si um novo povo, salvo pelo seu amor, sem separação, sem barreiras... (Efésios 2: 13 - 18). Onde a cruz de Cristo opera, isso é uma realidade.

A cruz de Cristo não pode ser banalizada e nem tomada como mero símbolo que ficou perdido no tempo e no espaço. É preciso que sua mensagem seja assumida, vivenciada hoje pelo cristão, pela Igreja para que a mesma possa ser pregada com vigor e autoridade, no poder do Espírito Santo, em um mundo dividido que agoniza como vítima do pecado. O mundo, as pessoas, precisam do Cristo morto e ressureto. Precisam do Cristo da cruz pois só Ele liberta, salva e traz vida. Esse Cristo não é nada parecido com o Cristo mercadológico, do consumo e da não renúncia.

 Pr. Osman de Oliveira Ferraz

 

 

 

 



por Dani às 10h38
[ ] [ envie esta mensagem ]



Abro mão - Minist. Apascentar de Nova Iguaçu


A quem tenho eu no céu além de Ti
E não há na Terra quem eu queira mais que a Ti
Estou apaixonado
Desesperado de amor

Eu estou disposto a morrer por Ti
E construirei no cume do monte um altar
E o sacrifício sou eu
E o sacrifício sou eu

Abro mão dos meus sonhos
Abro mão dos meus planos
Abro mão da minha vida por Ti
Abro mão dos prazeres
E das minhas vontades
Abro mão das riquezas por Ti
Estou apaixonado...
Desesperado de amor...

Não sei o que fazer sem Ti Senhor...

O que fazer?
Pra onde ir?
Se só Tu tens as palavras de vida eterna...

 



por Dani às 12h40
[ ] [ envie esta mensagem ]



Um Ninguém se Tornando um Alguém

Joel C. Gregory escreveu: "Quantas vezes nós atingimos o limite final de nossos próprios recursos, antes de confiar em Deus, único recurso infalível de nossas vidas? O que nós necessitamos, verdadeiramente, é de um "êxodo espiritual" em nosso dia-a-dia. Quando nossa fé está fraca, logo diante da primeira necessidade nós buscamos o socorro de alguém, specialmente da família, ou um amigo próximo. Quando o recurso buscado não é alcançado, então lembramo-nos do Senhor."

Dwight L. Moody disse sobre o assunto: "Moisés passou quarenta anos no palácio do rei pensando que ele era alguém; então ele viveu quarenta anos no deserto descobrindo que sem Deus ele era um ninguém; finalmente ele passou mais quarenta anos descobrindo como um ninguém com Deus pode ser um alguém." E ele estava certo. Quando Moisés e o povo descobriram que não eram ninguém sem o recurso de Deus, então o êxodo começou.

Pobre daquele que se julga capaz de, pelas próprias forças e habilidade, prover todos os recursos necessários para a sua completa felicidade. Logo descobrirá que o que tem não é o bastante para todas as situações, e, neste momento, a quem buscar?

A única pessoa capaz de nos ajudar em quaisquer circunstâncias, independente do tipo de problema que enfrentamos, é o Senhor Jesus. Ele nos ama, tem prazer em ver-nos felizes e nos abençoará com os recursos que nos garantirão a vitória.

A ajuda humana é incerta e pode causar grandes decepções.
Deus jamais nos frustrará!

 



por Dani às 18h16
[ ] [ envie esta mensagem ]



Rasgando o coração

Pensando no sentido dessa palavra profética para os nossos dias, em especial para a igreja, pode-se dizer que a mesma toma um significado sério, na medida em que vemos crescer o número de cristãos envolvidos como uma fé ritualística, pouco prática, desprovida do princípio da total sujeição a Deus, da genuína adoração e do serviço.

Talvez você esteja dizendo: “Esse não é o meu caso”. Tudo bem! Mas, ainda que em níveis diferentes, todos nós precisamos rasgar o coração e não as vestes como sinal claro de um desejo contínuo de experimentar mudanças diárias. Isso é urgente e marca o início de um novo tempo. Deus nos convoca para essa experiência, pois Ele nos ama e deseja nos restaurar, trazendo de volta o que foi consumido pelos muitos gafanhotos dos dias atuais e que encontram espaço em nossa existência fazendo alguns ou muitos estragos.

Rasgar o coração é necessário a todo cristão em todo tempo. Esse ato está relacionado com o quebramento, com o arrepender-se e o voltar-se para Deus de todo coração. Vai além das aparências. Esse é o tipo de sacrifício de que Deus se agrada, pois parte de um interior rendido que reconhece os seus desvios que redundam em atos nocivos tanto para a pessoa como para o Corpo de Cristo e a sociedade. Davi disse no Salmo 51:17: “Sacrifícios agradáveis a Deus são o espírito quebrantado; coração compungido e contrito não o desprezarás, ó Deus”. Isso significa que o rasgar do coração, o quebrantamento nos torna verdadeiros diante de Deus e assim, enquanto pessoas que atentam para sua voz, somos capazes de oferecer-lhe um culto agradável. Só os que se quebrantam reconhecem a precisão do diagnóstico de Deus quanto à sua condição espiritual e à necessidade de mudanças. No coração rasgado, quebrantado Deus age trazendo genuíno avivamento, restituição e o derramar do Espírito Santo – Joel 2:28-29.

Quem rasga o coração sai da fé ritualística, costumeira, superficial e de consumo para uma vida espiritual restaurada, dinâmica, profunda, cheia de vigor, centrada em Deus e, consequentemente, frutífera. Esse prioriza o Senhor, sua comunhão com Ele e com o próximo, o serviço em sua obra, por mais “ocupado” que esteja.

Rasguemos o coração. Voltemo-nos para Deus.

Pr. Osman de Oliveira Ferraz.



por Dani às 19h19
[ ] [ envie esta mensagem ]



O pássaro e a oração

Você já viu um passarinho dormindo num galho ou num fio, sem cair? Como é  que ele consegue isso? Se nós tentássemos dormir assim, iríamos cair e quebrar o pescoço.

O segredo está nos tendões das pernas do passarinho. Eles são construídos de forma que, quando o joelho está dobrado, o pezinho segura firmemente qualquer coisa.
Os pés não se soltarão do galho até que ele desdobre o joelho para voar.
O  joelho dobrado é o que dá ao passarinho a força para segurar qualquer coisa. É uma maravilha, não é? Que desenho incrível que o Criador fez para segurar o passarinho.

Mas, não  é tão diferente em nós.
Quando nosso "galho" na vida fica precário, quando tudo está ameaçado de cair, a maior segurança, a maior estabilidade nos vem de um joelho dobrado - dobrado em oração.
Se você algumas vezes, se vê num emaranhado de problemas que te fazem perder a fé, desanimar de caminhar; não caminhe mais sozinho, Deus quer  te fortalecer e caminhar contigo por toda sua vida!
É Ele quem renova suas forças e sua fé, e se cuida de um passarinho, imagina o que não fará por você Seu filho amado, basta você CRER!




por Dani às 13h22
[ ] [ envie esta mensagem ]



“Onde estás?”

Deus sempre desejou ter comunhão com o homem, na verdade nós fomos criados para ter comunhão com Ele.

No princípio no jardim do Éden, Adão tinha comunhão com Deus, a Bíblia nos relata que Deus vinha a ele na virada do dia. Eu creio que este era um momento esperado por ambos, um momento especial, onde a criatura se relacionava com o seu Criador, com certeza Deus se alegrava com aquele momento, era um momento de muito deleite.

Até que um dia Deus não encontrou o seu amigo a sua espera, e precisou chamar: “Onde estás?”
Com certeza foi um dia muito triste, pois aquela comunhão por um tempo deixou de acontecer.

Mas como sempre este foi o desejo de Deus ter comunhão com o homem, porque Ele nos ama, não vacilou nem um pouco em mandar seu filho à morte para novamente ter comunhão com todos nós.
Hoje pelo sangue de Cristo, é possível você e eu termos comunhão, intimidade com o Pai.

Mas o problema é que muitas vezes, por algum motivo, ainda a pergunta ecoa: “Onde estás?”
Isto acontece porque nós deixamos, ignoramos, esquecemos que o nosso Criador quer ter comunhão, intimidade conosco.

O meu desejo é que o Pai não precise mais chamar. Mas que de uma forma crescente o nosso coração venha arder por mais intimidade com Ele.

Invista mais da sua vida para se achegar mais perto dEle.

Que Deus te abençoe.

Pr. Alberto C Macedo

 



por Dani às 13h06
[ ] [ envie esta mensagem ]



Ninguém mais do que Deus está interessado que em sua Igreja tenha relacionamentos saudáveis, abençoados e abençoadores, como povo convertido. Para isso Ele providenciou tudo de que cada um precisa. É uma questão de estar atento às orientações básicas. Uma delas é: “Revesti-vos de ternos afetos e de misericórdia.”

Revestir é ato de colocar uma nova vestimenta. No caso, em se tratando da nossa experiência de fé, em Cristo tiramos a roupagem do pecado e suas manias e passamos a usar novas vestes que são verdadeiras virtudes que estão de acordo como o novo ser em Cristo Jesus, pelo novo nascimento.

Para termos relacionamentos saudáveis, abençoados e abençoadores o cristão deve revestir-se de “ternos afetos e de misericórdia”. Essas são virtudes de quem nasceu de novo e está crescendo na experiência cristã, mediante a ação do Espírito Santo.

Os afetos e as misericórdias são manifestações claras do caráter  de Deus e são evidentes em nós quando amamos com grande amor uns aos outros a ponto de cuidar. Cuidamos quando vigiamos nossas palavras. Cuidamos quando não expomos de maneira insensível e desrespeitosa a fraqueza do outro. As palavras de exortação, amor e motivação também são expressões de cuidados. Isso levanta o que está abatido, revigora, sara e estabelece relacionamentos confiáveis.

Oh! Como precisamos dessa revelação e crescimento! Que você clame, como cristão: “Senhor, dá-me esse entendimento, pois sou eleito teu, em Cristo Jesus! Não quero me perder na mediocridade e imaturidade dos meus sentimentos. Leva-me à maturidade. Dilato o meu coração. Vem, pois, e enche-o com teu amor. Que eu seja revestido de “ternos afetos e de misericórdia”, como salvo em Cristo. Amém!”



por Dani às 19h04
[ ] [ envie esta mensagem ]



Despertas tu que dormes

Despertas tu que dormes
Ef. 5;14

Por adormecidos, devemos entender um pecador satisfeito nos seus pecados, contente em permanecer no seu estado decaído,em viver e morrer sem a imagem de Deus;alguém qu ignora tanto sua doença quento o único rémedio para ela;alguém que nunca foi advertido ou nunca atendeu a voz de Deus a adverti-lo para "fugirda ira vindoura" (Mt.3:7).
Se o adormecido não tiver vícios externos, o seu sono é, geralmente, o mais profundo de todos: seja ele espírito de laodicismo "nem frio nem quente" (Ap. 3:15) mas um tranquilo, racional, inofenso, e bem humorado seguidor da religião dos seus pais, ou zeloso e ortodoxo "conforme a seita mais severa da nossa religião, um fariseu" (At. 26:5), isto é, conforme registros bíblicos, alguém que se justifica a si próprio; alguém que se esforça por "estabelecer a sua própria justiça" (Rm.10:3) como base de sua aceitação por Deus.
É ele que "tendo forma de piedade, nega-lhe, entretanto o poder"(2ª Tm.3:5).Entremente,esse pobre enganador de si mesmo agradece a Deus porque "não é como os demais homens, adúlteros, injustos e ladrões" (Lc. 18 :11); não, ele não faz mal a ninguém.Ele "jejua duas vezes por semana, usa todos os meios de graça, é assíduo nos cultos e nos sacramentos;e, ainda, "dá o dízimo de tudo o que tem", pratica todo o bem possivel; quanto à justiça que há na lei, el é irrepreensível.Não lhe falta nada da piedade, senão o poder;nada da religião,exceto o espírito;nada de cristianismo, a não ser a verdade e a vida.
Cristãos como estes, por mais estimados entre os homens, são uma abominação aos olhos de Deus.
Desperte! Desperte! Levante-se para "não beber da mão do Senhor o cálice da ira" . Mexa-se e apague-se no Senhor, o Senhor da justiça, poderoso para salvar. Sacuda-se do pó.
Acorde e grite: "Que devo fazer para me salvar?"E não descanse nunca até crer no Senhor Jesus, com fé que é dom dele, para operação do seu Espírito. "E SEREIS ILUMINADOS"...
Se falo a alguns de vocês mais do que a outros, é a você que pensa não ter nada a ver com esta exortação.
"Tenho um recado de Deus para você" (Jz. 3:20).Em nome dEle, advirto-lhe para "fugir da ira vindoura"(Mt. 3:7). Você, alma má, veja sua imagem num Pedro condenado, deitado na mosmorra escura, entre dois soldados, acorrentado com duas cadeias, os sentinelas à porta guardando o cárcere (At. 12:5).A noite vai alta e vem chegando o dia, quando você vai ser trazido para a execução.Nessa circunstância terrível, você dorme profundamente, mas dorme nos braços do diabo, à beira do abismo, na boca da destruição eterna.
Que o "Anjo do Senhor lhe sobrevenha e uam  luz ilumine a sua prisão" (At. 12:7).E venha sentir o toque de uma mão toda-poderosa levantando você e dizendo: "Levante-se depressa, calce as suas sandálias, vista sua capa e siga-me!" (At. 12:8).



por Dani às 20h19
[ ] [ envie esta mensagem ]